Fazendeiro é multado em 159 MIL REAIS, por degradação de área de preservação permanente

Escrito por em 09/07/2022

Equipe da Polícia Ambiental flagrou na tarde desta sexta-feira, degradação em área de preservação permanente por pisoteio de gado, em uma fazenda no município de Uru. O proprietário da fazenda não possuía autorização para utilização do local como área de pasto.

Foi elaborado um Auto de Infração Ambiental no valor de 159 MIL REAIS, por danificar 10,6 hectares de área de preservação permanente, mediante pisoteio de gado bovino.

Além da autuação, a área foi embargada e o infrator também responderá criminalmente pelo ato.

Fotos: Polícia Ambiental/Divulgação

 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]