Festividades online dos 124 anos de Bauru seguem neste domingo

Por on 1 de agosto de 2020

O Prefeito Gazzetta, os secretários de Cultura, Rick Ferreira, e de Desenvolvimento Econômico, Aline Fogolin, abriram na tarde deste sábado, 1, as comemorações de 124 anos da cidade, que neste ano estão sendo virtuais por conta da pandemia.

O projeto ‘Viva a Cultura’ traz apresentações ao vivo com artistas locais neste final de semana. As apresentações estão sendo transmitidas pelo Facebook da Prefeitura de Bauru https://www.facebook.com/prefeituradebauruoficial/ e pelo Canal do YouTube da Secretaria de Cultura através do https://www.youtube.com/channel/UCnXgjUZgsQo_snqtQnbtrNg.

Confira abaixo a programação completa:

01/08 (Sábado)
15h – The Jugglers – “O grande duelo” The Jugglers foi formada em 2019, na cidade de Bauru, após reunião de dois artistas, Robson e Pedro, que viajavam com a Divisão de Ensino às Artes (DEA). Em o “O Grande Duelo”, Robsoul e o Francês disputam os holofotes e atenção do público em uma luta inspirada em coreografias de filmes clássicos de luta, com jogo cômico e linguagem do palhaço.

15h45 – João Folcato – “Causos, viola e poesia”
João Folcato é ator, palhaço e malabarista, desde 2007, na cidade de Bauru. Após participar de grupos como Protótipo Tópico e Giralua Companhia de Artes, apresentando-se como ator, começou a coordenar oficinas arte-educativas para crianças e jovens em projetos como o Super Férias do SESC Araraquara. Hoje, é ator contratado do Museu do Café de Piratininga. Para o “Viva a Cultura”, traz o “Causos, Viola e Poesia”, onde conta a história de Tião, roceiro que conta as histórias da cidade de Bauru.

16h30 – Fernando Lima Trio – “Jazz com samba”
Fernando Lima é natural de Bauru e começou a vida musical tocando contrabaixo na Igreja. Cursou contrabaixo no Conservatório de Tatuí e desde então trabalha profissionalmente em gravações, shows e workshops. Com a apresentação “Jazz com Samba”, o trio (baixo elétrico, bateria e teclado), traz o Jazz com uma roupagem brasileira.

17h15 – Grupo Musical VOAR – “Tributo a Clara Nunes”
O Grupo Musical VOAR começou em 2013, visando valorizar e interpretar clássicos da MPB. Para o “Viva a Cultura”, o VOAR traz o “Tributo a Clara Nunes”, na qual apresenta e mostra a evolução da cantora em sua carreira. Junto com a apresentação musical, um narrador descreve as peças musicais apresentadas.

18h – Etiene Amaro (Tica) – “Ticanica – A Afrodite Xing Ling”
Natural de Bauru, a atriz Etiene Amaro, de 26 anos, atua desde 2010. Já em 2011, participou do I Festinbau com cena de sua autoria: “Talarica – poética insanaria”. Desde então participou de diversas peças. Na Cia Cirkômicos seu trabalho mais recente foi o “Varieté Pont’apé”, em 2019.

18h45 – Igor Galdino – “Samba e MPB”
Igor Galdino é mais conhecido como “Marrom” pelo seu cover da cantora Alcione. Intérprete do Bloco Estação Primeiro de Agosto, Igor tem seu show “Samba e MPB”, com o qual se apresenta em bares, restaurantes e eventos em Bauru e região.

19h30 – MENT BLINDADA – “MENT BLINDADA & Banda”
Formado em 2010 por Mano Dharlão e Mc Dentão, o grupo de rap MENT BLINDADA se apresentou em casas do gênero em Bauru e região, gravando seu primeiro DVD do rap bauruense em 2015. Além disso, foi premiado no quadro “Dez ou Mil” do Programa do Ratinho, no SBT. Em seu show “MENT BLINDADA & Banda”, apresenta músicas autorais e grandes sucessos do rap, samba e rock nacional.

20h – Jô Moura – “Tempo de brilhar”
Joelma Moura, a Jô Moura, tem 36 anos e é cantora e intérprete de MPB. Fundadora e vocalista do grupo Balaio do Sinhó, é encantada por samba e suas vertentes. Jô é intérprete e puxadora de ala musical em blocos e escolas de samba de Bauru. Atualmente, apresenta-se em bares, shows e eventos na cidade. Em seu pocket show, apresenta o novo trabalho “Tempo de Brilhar”.

21h – The Licks (Rolling Stones Tribute) – It’s only rock ‘n’ roll, but I like it!”
A banda The Licks conta com cinco integrantes e presta tributo a banda Rolling Stones, apresentando-se em bares, shows e eventos de Bauru e região. Com o show “It’s Only Rock’n’Roll, But I Like It!”, traz uma abordagem aos hits da história da banda inglesa, incluindo vestimentas e danças dos membros.

02/08 (Domingo)
15h – Paulo Eduardo Tonon – “Engrenagens do curta ‘Relógios Adiantados’”
Em 1995, Paulo Eduardo Tonon tocava bateria em bandas alternativas de Bauru. Em 2001, produziu, roteirizou e dirigiu o curta acadêmico “Crime Real – Os desdobramentos do sequestro de Roberto Carlos”. Com o curta-metragem “Relógios Adiantados – O fim de Espírito Santo da Fortaleza” foi exibido na segunda edição do Filma Bauru, em 2018, mesmo ano em que entrou como baterista na banda “Obscuro Lavrador” e “La Burca”. Para o “Viva a Cultura”, o diretor trata das “Engrenagens do curta ‘Relógios Adiantados’”, onde conta um pouco sobre a produção do mesmo.

15h45 – Marisa Rosa – “O medo da eternidade”
Marisa Rosa é arte educadora, atriz desde 1987, e contadora de histórias desde 1996. Integra o cenário cultural de Bauru e região desde 2007, participando de eventos e projetos, como o “A Escola Vai ao Teatro”, projeto da Secretaria da Educação e da Secretaria da Cultura de Bauru. Com “o medo da eternidade”, a atriz conta a história de um presente dado por uma irmã à outra, como se fosse para a eternidade.

16h30 – Espaço Arte (Priscila Lopes) – “Flamenco – A origem”
Espaço arte é a criação da bailarina, professora e coreógrafa Priscila Lopes. Bailarina desde 1999 e profissional desde 2006, é formada pela Royal Academy of Dance. Entre suas apresentações mais marcantes, destaca-se as Olimpíadas de 2008, em Pequim. Em “Flamenco – a origem”, conta a história da dança flamenca, utilizando dança, elementos, músicas e vestuário característico.

17h15 – Ezequiel – “Sobre a ilha”
Ezequiel Rosa tem 50 anos e é ator desde 1992, quando formou-se em teatro do gesto. Participou como ator e manipulador de bonecos na Cia Mariza Basso de Formas Animadas, já foi monitor de teatro em Lins. No trabalho “Sobre a Ilha”, faz uso de mínimos recursos, misturando a criatividade e poesia, para contar a história da ilha onde habitam todos os sentimentos.

18h – Os últimos escolhidos do futebol – “Nenhum sintoma aparente”
Formado por cinco amigos, o grupo que já se conhece da “Banda Larga”, lançou seu primeiro EP em maio deste ano. Formado para vivenciar a cena autoral no interior de São Paulo, o grupo traz uma apresentação com músicas que desenham a geração dos anos 2010. As cinco músicas do EP visam formar uma fotonovela do jovem que acaba de sair da faculdade.

18h45 – LIliane Cordeiro de Oliveira – “Um ser, mulheres”
Aos 25 anos, Liliane Cordeiro de Oliveira é diretora e produtora artística de performances e produtora cultural para eventos. Está há oito anos trabalhando com artes performáticas e há quatro gerencia o Grupo Artístico Filhos da Terra. Ao “Viva a Cultura”, apresenta “Um ser, Mulheres”, performance artística desenvolvida a partir da vontade de dar voz às mulheres que estão ao redor da diretora.

19h30 – Quarta Ócio – “Calorio”
O “Quarta Ócio” é formado por Matheus, seu irmão Fabrício, seu pai Thiago e o amigo de infância Guilherme. A banda, com nome graças as folgas de Matheus, que trabalhava em shopping, lançou “Calorio” disco autoral e psicodélico em 2020. Com o “Show Calorio”, apresenta as canções do novo disco.

20h15 – Andressa Carolini Francelino – “Versus”
Formada em artes cênicas, a bauruense Andressa Francelino é atriz, diretora, arte-educadora e produtora cultural. Aos 35 anos, é diretora geral do FACE – Festival de Artes Cênicas de Bauru. Em “Versus”, um espetáculo teatral, conta histórias de violência contra a mulher, o machismo e o feminicídio.

21h – Acústicos & Calibrados – “Calibrados na sua casa”
O Acústicos & Calibrados foi formado em 2008, na cidade de Bauru, e permanece, até hoje, com a formação inicial. Com um repertório que percorre o rock, o country rock e temas de filmes, a banda conta com as músicas autorais “Cerveja” e “Sabonete”, que tocam nas principais rádios de São Paulo. Com o “Calibrados na Sua Casa”, traz o melhor do Rock com composições autorais e covers.

Projeto ‘Viva a Cultura’

Sábado (1), a partir das 15h;
Programação:
15h – The Jugglers – “O grande duelo”
15h45 – João Folcato – “Causos, viola e poesia”
16h30 – Fernando Lima Trio – “Jazz com samba”
17h15 – Grupo Musical VOAR – “Tributo a Clara Nunes”
18h – Etiene Amaro (Tica) – “Ticanica – A Afrodite Xing Ling”
18h45 – Igor Galdino – “Samba e MPB”
19h30 – MENT BLINDADA – “MENT BLINDADA & Banda
20h15 – Jô Moura – “Tempo de brilhar”
21h – The Licks (Rolling Stones Tribute” – It’s only rock ‘n’ roll, but I like it!”

Domingo (2), a partir das 15h;
Programação:
15h – Paulo Eduardo Tonon – “Engrenagens do curta ‘Relógios Adiantados’”
15h45 – Marisa Rosa – “O medo da eternidade”
16h30 – Espaço Arte (Priscila Lopes) – “Flamenco – A origem”
17h15 – Ezequiel Rosa – “Sobre a ilha”
18h – Os últimos escolhidos do futebol – “Nenhum sintoma aparente”
18h45 – Liliane Cordeiro de Oliveira – “Um ser, mulheres”
19h30 – Quarta Ócio – “Calorio”
20h15 – Andressa Carolini Francelino – “Versus”
21h – Acústicos & Calibrados – “Calibrados na sua casa”

Foto: Divulgação/João Folcato


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background