Gerente do grupo Dallon comenta transferência da Plajax para o Paraná

Escrito por em 29/10/2020

O fechamento da Plajax em Bauru, com a transferência das atividades do grupo Dallon, para o Paraná foi inevitável, em virtude das incertezas do mercado por conta da pandemia.
Conforme a 94 divulgou, um dos motivos da saída da empresa que fabricava componentes plásticos para baterias automotivas, foi tributário. Entre os impostos, o ICMS no Paraná é menor que o cobrado pelo Estado de São Paulo. O gerente comercial do grupo Dallon, Fábio Furlan, fala sobre a saída da empresa de Bauru.

À época da demissão dos 130 trabalhadores, o sindicato da categoria, alegou nunca ter sido recebido pela nova direção da empresa, além de registrar erros nas homologações. Fábio Furlan afirmou que os direitos trabalhistas serão pagos e, que o objetivo da Dallon é recolocar todos os trabalhadores no mercado de trabalho.

Nesta sexta-feira, os últimos cinco funcionários que ainda trabalham na Plajax devem ser desligados, oficializando o encerramento da empresa em Bauru.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]