Governo federal nega recursos para reforma da Estação Ferroviária

Escrito por em 05/11/2021

O pedido de liberação de 12 MILHÕES DE REAIS para a reforma completa do prédio da estação ferroviária feito no final do mês de abril pela prefeita Suellen Rosim ao Ministro da Educação, Milton Ribeiro, não será atendido.

O local está lacrado desde o final do mês de junho por conta dos problemas estruturais. Além disso, foi anunciado como um dos assuntos que seriam analisados pelo Núcleo de Estudos de Concessões, em live realizada pela prefeita Suellen Rosim, na primeira quinzena do mês de abril. Mais informações com o repórter Emerson Luiz.

Além de recursos da secretaria de educação, também foram utilizados para a compra do prédio da estação ferroviária, valores do orçamento da secretaria de saúde e da Câmara Municipal, que inicialmente seria usado para a construção de um novo prédio.

A nota da prefeitura é encerrada apontando que o valor necessário para a revitalização completa do imóvel é elevado e, o município estuda a possibilidade de concessão da Estação Ferroviária.

No final de 2019, o vereador José Roberto Segalla apontou o risco de um colapso na marquise externa do prédio, em frente à Praça Machado de Mello. Apesar do imóvel estar lacrado, na parte externa, exatamente sob essa marquise, é possível visualizar pessoas dormindo no local.

Foto: Alexandre H. Silva/Prefeitura de Bauru/Divulgação


Opnião dos Leitores
  1. André Cunha   Em   05/11/2021 em 19:28

    o Rodrigo teria que ser preso por ter gasto dinheiro da educação na compra daquele estrupício.

  2. Regina Celia Furlanetto   Em   06/11/2021 em 06:33

    Parece que a PM de Bauru fez uma consulta apenas pra inglês ver. Sabe que o valor é alto e seria negado. Porque não fazer um projeto de reformas em etapas? É plenamente possível . Oarece que o objetivo da administração mumicipal é entregar um prédio que representa o DNA do que foi Bauru a iniciativa privada. Lamentável qdo ouço um arquiteto sugerir que se poderia instalar um supermercado no prédio… é Bauru sem memória, sem cultura.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]