Infectologista avalia como ótimo índice de 78% de eficácia da Coronavac

Escrito por em 08/01/2021

Os dados do estudo da vacina Coronavac, divulgados pelo Instituto Butantan, apontando 78% de eficácia na fase final de testes e 100% de eficácia para casos graves e moderados, acabaram gerando alguns questionamentos sobre o fracionamento dos números.

O ex-secretário municipal de Saúde, o médico infectologista Fernando Monti, acredita que tenha sido feito um processo chamado ‘extratificação’ pelos coordenadores da pesquisa.

Fernando Monti considera o índice de 78%, como ótimo e, afirma querer tomar a vacina, o quanto antes.

Nesta sexta-feira, o Instituto Butantan apresentou à ANVISA, os dados da conclusão do estudo, com pedido de utilização emergencial da Coronavac, no Brasil.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]