Infectologista explica aumento de casos da ‘flurona’

Escrito por em 10/01/2022

Nesta semana, o Estado de São Paulo confirmou cerca de 110 casos de coinfecção por gripe e Covid-19, combinação conhecida como ‘flurona’. Em Bauru, a Secretaria Municipal de Saúde não confirmou casos da coinfecção. Mas, o aumento casos respiratórios na cidade e a superlotação nas UPAS tem alertado a população. Em entrevista à 94, o infectologista Fernando Monti informou que é possível um organismo ser contaminado por mais de um vírus ao mesmo. O médico disse que a ‘flurona’ surgiu devida à alta transmissão dos vírus Influenza e da Covid-19, mas ele esclareceu que não há perigos de se tornar uma epidemia no país devido ao aumento da vacinação.

Embora fosse possível a criação de um imunizante contra as duas doenças, o infectologista acredita que não há chances de produzirem uma única vacina contra a flurona, já que se trata de vírus diferentes. Até o momento, o médico orienta que a população deve manter a imunidade tomando as três doses contra Covid-19 e esperar a próxima Campanha Nacional contra Influenza.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]