Ingerir menos calorias faz células melhorarem, diz pesquisa da USP

Por on 27 de fevereiro de 2019

Uma dieta restrita de calorias é o segredo para melhorar o funcionamento das células e consequentemente, proteger contra algumas doenças. Pesquisadores da Universidade de São Paulo, USP, estão empenhados em mostrar como refeições menos calóricas tem este efeito protetor. Um dos experimentos, feitos com camundongos, mostrou como uma dieta menos calórica pode proteger o cérebro da morte de neurônios associada a doenças como Alzheimer, Parkinson, epilepsia e acidente vascular cerebral , entre outras.Os animais foram divididos em dois grupos. Os pesquisadores calcularam quantas calorias em média um dos grupos que comeu à vontade consumia e ofereceram 40% a menos para o outro. Depois de 14 semanas, foi injetada nos camundongos dos dois grupos uma substância conhecida por causar convulsões, dano e morte de células neuronais.Enquanto os animais do grupo que comeu à vontade tiveram convulsões, os que tiveram as calorias restritas ficaram bem. Os pesquisadores acreditam que o resultado deriva da menor incidência de obesidade no segundo grupo pesquisado. Ao prevenir a obesidade, previne-se essas doenças. No entanto, a epidemia mundial não diminui mesmo com os constantes alertas sobre a necessidade de alimentação balanceada e da prática de atividade física.

Crédito: www.sonoticiaboa.com.br/2019/02/27/ingerir-menos-calorias-faz-celulas-melhorarem-diz-pesquisa-da-usp/


Foto: Pixabay

Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background