Lady Gaga e Beyoncé se manifestam sobre a crise racial nos Estados Unidos

Por on 1 de junho de 2020

O assassinato de George Floyd, um homem negro acusado de ter feito uso de dinheiro falso, pelas mãos de um policial branco na cidade de Minneapolis nos EUA, segue gerando protestos e revolta em todo o país. Lady Gaga e Beyoncé somaram as suas vozes em apoio a movimentos como o “Black Lives Mater” (“Vidas Negras Importam”) e pedindo medias extremas contra o racismo. Floyd morreu no último dia 25.

Gaga postou uma longa mensagem em suas redes sociais dizendo que não queria contribuir com a geração de mais violência, mas, sim buscar, uma solução, para eliminar de vez o que ela chamou de “racismo sistêmico” (leia a íntegra no fim desse texto). “Agora é um momento crítico para a comunidade negra ser apoiada por todas as outras comunidades, para que possamos interromper algo que é intrinsecamente errado”, disse a estrela em outra parte do texto.Ela também fez violentas acusações contra o presidente dos EUA Donald Trump, a quem chamou de tolo e racista.

Beyoncé se manisfestou através de um vídeo no Instagram. “Precisamos de justiça para George Floyd”, disse. “Todos nós testemunhamos o assassinato dele em plena luz do dia. Estamos desolados e com nojo. Não podemos normalizar essa dor.”

“Não estou falando apenas com os negros. Se você é branco, negro, pardo ou de qualquer outra etnia, tenho certeza que se sente sem esperança ao testemunhar racismo que está acontecendo nos Estados Unidos agora”.

“Chega de assassinatos sem sentido de seres humanos. Chega de ver as pessoas de cor serem menos que humanas. Não podemos mais desviar o olhar. George é toda nossa família e humanidade. Ele é nossa família porque é um colega americano”, continuou. “Por muitas vezes, vimos esses assassinatos violentos não terem nenhuma consequência”, acrescentando: “Sim, alguém foi acusado, mas a justiça está longe de ser alcançada”.

A estrela concluiu fazendo um pedido: “Por favor assine a petição e continue a orar por paz, compaixão e cura pelo nosso país. Muito obrigado.”. No site da artista há uma série de petições que podem ser assinadas por quem quiser se engajar nessa luta.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

If you want to demand more charges brought on all those involved in the death of George Floyd, click the link in my bio to sign the petition.

Uma publicação compartilhada por Beyoncé (@beyonce) em

Leia a íntegra da mensagem postada por Lady Gaga:

Eu tenho muito a dizer sobre isso, mas a primeira coisa que quero falar é que tenho medo de que qualquer coisa que eu diga incite mais raiva, embora essa seja precisamente a emoção condizente. Não desejo contribuir para mais violência, desejo contribuir para uma solução. Estou tão indignada com a morte de George Floyd quanto com a morte de exponencialmente muitas vidas negras ao longo de centenas de anos que foram tiradas de nós neste país como resultado do racismo sistêmico e dos sistemas corruptos que o sustentam.

As vozes da comunidade negra foram silenciadas por muito tempo e esse silêncio provou ser mortal repetidamente. E não importa o que façam para protestar, eles ainda são recebidos sem compaixão pelos líderes que fingem protegê-los. Todos os dias, as pessoas na América são racistas, isso é um fato.

Agora é um momento crítico para a comunidade negra ser apoiada por todas as outras comunidades, para que possamos interromper algo que é intrinsecamente errado pela graça de Deus ou qualquer criador em que você acredite ou não.

Sabemos há muito tempo que o presidente Trump falhou. Ele ocupa o cargo mais poderoso do mundo, mas oferece apenas ignorância e preconceito, enquanto vidas negras continuam sendo tomadas. Sabemos que ele é um tolo e racista desde que assumiu o cargo. Ele está alimentando um sistema que já está enraizado no racismo e na atividade racista, e todos podemos ver o que está acontecendo.
É hora de mudar.

Peço às pessoas que falem gentilmente, falem com paixão, inspiração e imprimam a importância dessa questão até que os sistemas que nos mantêm doentes morram, em vez das pessoas que amamos.
DEVEMOS mostrar nosso amor pela comunidade negra. Como uma mulher branca e privilegiada, faço um juramento de apoiar isso. Como comunidade privilegiada, não fizemos o suficiente para combater o racismo e defender as pessoas que estão sendo mortas por ele.

Isso não é justiça. Esta é uma tragédia épica que define nosso país e está aí há muito tempo. Estou triste. Estou com raiva. E usarei as palavras que encontrar para tentar comunicar o que precisa mudar da maneira mais eficaz e não violenta possível para mim.”

Fonte: Vagalume


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Continue lendo

Current track
Title
Artist

Background