Lava Jato investiga esquema de propinas de US$ 31 milhões de empresas do mercado internacional do petróleo

Por on 5 de dezembro de 2018

TEXTO: Portal G1

A Polícia Federal (PF) está nas ruas para cumprir mandados da 57ª fase da Operação Lava Jato. Esta etapa, de acordo com a PF, investiga a ação de uma organização criminosa que agia na área de trading da Petrobras. Foram expedidos 11 mandados de prisão preventiva e 26 de busca e apreensão. Até o momento, cinco pessoas foram presas no estado do Rio de Janeiro.

As investigações identificaram o pagamento de pelo menos US$ 31 milhões em propinas para funcionários da Petrobras por empresas de trading, segundo o Ministério Público Federal (MPF). A área de trading realiza negócios de compra e venda de petróleo e derivados da Petrobras por ou para empresas estrangeiras.

O pagamento, conforme o MPF, foi feito por grandes empresas do mercado de petróleo e derivados. O valor atualizado equivale a R$ 119.427.500.

As propinas foram registradas entre 2009 e meados de 2014. Contudo, a PF não descarta a continuidade do esquema na área a trading, com ramificações internacionais, até os dias de hoje.

Foto: Agência Brasil- EBC


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background