Mais de 3 mil cartões de compras serão doados a famílias carentes em Bauru

Escrito por em 28/05/2021

A Prefeitura de Bauru, através do Fundo Social de Solidariedade, recebeu 3.150 cartões de compra que serão distribuídos para as famílias em situação de vulnerabilidade. A doação foi feita pelas redes de supermercados Barracão, Confiança, Superbom, Panelão e Tauste. Cada cartão tem o crédito único de R$ 100,00, que as famílias poderão usar em compras de gêneros alimentícios e produtos de higiene.

Ao todo, a doação é de R$ 315 mil, totalmente custeada pelas cinco redes de supermercado. A entrega para as famílias ocorrerá a partir de terça-feira (1). Os cartões poderão ser utilizados do dia 1 de junho em diante nos supermercados. A primeira compra deve ser feita até o dia 20 de junho, para validação do cartão. Se a pessoa não utilizar todo o crédito na primeira compra, poderá realizar novas compras com o saldo remanescente em até 90 dias.

A senha para a liberação do cartão no caixa do supermercado está no envelope, portanto é importante que as pessoas não descartem o envelope ao receber o cartão. O sistema é o mesmo utilizado nas compras com cartões de alimentação ou de crédito e débito, em que a senha é exigida no momento da compra. Bebidas alcoólicas, tabaco e cigarro não poderão ser comprados com o cartão.

DOAÇÃO
A doação dos 3.150 cartões ocorreu na manhã desta quinta-feira (27), no auditório da Prefeitura de Bauru, com a presença da prefeita Suéllen Rosim, da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lúcia Rosim, da vice-presidente do Fundo Social, Elaine Costa Dias, e da secretária do Bem Estar Social, Ana Sales. Representantes das redes de supermercado que fizeram a doação estiveram no encontro.

Ao final, foi assinado o termo de doação dos cartões para o Fundo. Assinaram o documento a presidente do Fundo, Lúcia Rosim, e o diretor regional da Associação Paulista de Supermercados (Apas), Fernando Luiz da Silva. A partir de terça-feira, o Fundo começa a entregar os cartões para as famílias em situação de vulnerabilidade cadastradas na Sebes por meio dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras). “Essa parceria entre o poder público e a iniciativa privada é muito valiosa. Os supermercados geram muitos empregos em Bauru, são parte importante da nossa economia, e também estão envolvidos nas causas sociais, só temos que agradecer”, cita a prefeita.

Já a presidente do Fundo Social destaca a abrangência desta parceria. “Vamos conseguir levar alimento para 3.150 famílias no mês de junho. Estamos trabalhando bastante, com as doações de cestas básicas, o que vem permitindo atender a um grande número de famílias, em parceria com a Sebes, e agora esta campanha vem somar com o nosso trabalho, agradecemos muito a todos aqueles que contribuem com as pessoas que mais precisam”, lembra.

Para Fernando Luiz da Silva, representando o setor de supermercados, esta é uma contribuição da categoria para o município. “As redes de supermercado estão envolvidas nas causas sociais em Bauru, e esta agora é uma forma de contribuir com a população que mais precisa”, avisa.

INICIATIVA
A iniciativa das cinco redes de supermercados de Bauru acompanha a campanha ‘Doação Super Essencial’, promovida pela Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), com ação inicial organizada pela Associação Paulista de Supermercados (APAS), e apoio da ONG Ação Cidadania e do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (WFP) da ONU. A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA) também tem papel importante na campanha.


Opnião dos Leitores
  1. GENIVALTER DAMASCENO   Em   28/05/2021 em 14:58

    Acredito que a iniciativa seja muito importante, até porque se tem um segmento que não teve perdas nessa pandemia foi o supermercadista, isso é o minimo que deveriam fazer mesmo, e acho pouco até! se compararmos com as campanhas milionárias que fazem aos finais de ano com premiações, mas é melhor pingar que secar não é mesmo, não quero ser o chato que só reclama de tudo, só temos que ser realistas e também espero que isso não seja uma dificuldade para se for necessário um fechamento de supermercados não atrapalhe as medidas necessárias para enfrentar essa nova fase, vão as portas dos supermercados para verem, não existe controle mais de temperatura, quando muito uma maquina que não fala nada, e quem quiser mede, quem não quiser não mede, sistema de som fala poucas vezes, apenas um da família então!é minha gente o gesto deles é louvável sim, mas também a interesses envolvidos! estamos atentos e estão sim de parabéns, que fique claro isso também!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]