Mais de dez horas depois, incêndio na Zona Sul de Manaus ainda apresenta focos de chamas

Por on 18 de dezembro de 2018

Texto/Fonte: Portal G1/Amazonas

O incêndio que atingiu mais de 600 casas na noite desta segunda-feira (17) no bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus, continua a apresentar novos focos de chamas. Na manhã desta terça-feira (18), moradores da região relataram que o local ainda apresenta riscos. No início desta madrugada, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, anunciou que assinará decreto de calamidade pública.

Famílias atingidas pelo incêndio permaneceram no local durante toda a noite. Segundo moradores, a estrutura de uma casa de alvenaria por trás da Rua Inácio Guimarães – destruída durante o incêndio – apresentou uma explosão às 6h30 desta terça. As chamas tomaram conta da residência, mas o Corpo de Bombeiros combateu o fogo imediatamente.

Três feridos foram confirmados pela Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam). Segundo a pasta, uma senhora de 53 anos é a que tem estado mais delicado. Ela foi levada ao SPA da Zona Sul com sintomas de intoxicação por inalação de fumaça. O quadro evoluiu para um Edema Agudo de Pulmão e ela sofreu uma parada cardiorrespiratória. A vítima foi atendida na emergência e aguardava estabilização do quadro clínico para ser transferida ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.

Uma adolescente grávida de 14 anos e um sargento do Corpo de Bombeiros também deram entrada em unidades de saúde com problemas respiratórios, mas já passam bem.

O fogo começou em uma área com dezenas de casas de madeira, entre as ruas Inácio Guimarães e Nova, por volta das 20h, e se propagou para residências de alvenaria. A quantidade de veículos estacionados nas vias, o vento constante e a interrupção na distribuição de energia elétrica agravaram a situação.

Foto: Rickardo Marques/G1 AM


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background