Marcos Mion exibe tatuagem religiosa na TV e revela proibição da Record

Escrito por em 04/10/2021

Durante três temporadas, Marcos Mion apresentou o reality show “A Fazenda” da RecordTV. Neste ano, o apresentador saiu da emissora e agora substitui Luciano Huck no “Caldeirão”, da TV Globo. Durante o programa exibido no último sábado, 2 de outubro, Mion apareceu de camiseta pela primeira vez na televisão desde que fechou o braço com tatuagens e comemorou nas redes sociais, revelando que no antigo canal não podia fazer o mesmo, devido um desenho de cunho religioso.

O apresentador usou o Twitter para contar aos seguidores que apareceu de camiseta e exibiu pela primeira vez na TV a tatuagem de “Nossa Senhora” no antebraço. “Tão assistindo ao Caldeirão? Olha lá eu de camiseta pela primeira vez na tv desde que fechei o braço! Que estranho, por nunca ter acontecido antes, mas que libertador por saber que vai ser constante agora!”, comentou.

Após fazer a declaração, o tweet foi questionado por alguns internautas, que chamaram o apresentador de “ingrato”. Mion voltou a falar sobre o assunto para esclarecer que sempre respeitou a decisão da emissora. “Eu não poder usar camiseta por conta da Nossa Senhora que tenho no antebraço é um fato. Não tem amargura ou ingratidão da minha parte! Eu sempre aceitei e respeitei a decisão deles! É uma diretriz da empresa, assim como qualquer empresa tem suas crenças e pilares. Normal”, explicou.

“O problema era meu que tinha que me desculpar toda noite com Nossa Mãezinha, pedindo para ela me entender. Que, apesar da minha devoção, eu amava meu trabalho, todas as pessoas e o que a gente criava lá. Eu citava Nossa Senhora por conta da minha crença e eles editavam por conta da crença deles. E tá tudo certo! Quando me vi esse sábado de camiseta e Nossa Senhora em 1º plano, me emocionei! Não critiquei a Record! Nunca. Isso foi faísca do Twitter. Apenas descrevi o quão legal era me ver com Santa Maria no braço!”, comentou.

“Eu estou muito feliz, a Record está muito feliz! Foi uma ‘separação’ feliz no final das contas. As vidas seguem, portanto meus comentários hoje não tem mais a ver com a Record, nem a Record quer nada mais comigo então parem de agitar faísca em uma relação que é ótima!”, afirmou.

Após as declarações, internautas continuaram falando sobre o assunto e acusaram a Record TV de intolerância religiosa.

Fonte: O Povo


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]