Matheus e Kauan negam que festa com aglomeração era clandestina

Escrito por em 12/07/2021

Matheus e Kauan fizeram uma apresentação em uma festa com aglomeração na madrugada do último domingo (11). A dupla sertaneja negou que a celebração ocorreu de maneira clandestina. O local contava com mais de 500 pessoas em uma casa na rua Canadá, no bairro nobre dos Jardins, na zona oeste de São Paulo.

A festa foi interrompida por agentes do Garra, da Polícia Civil, da Guarda Civil Metropolitana, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Vigilância Sanitária e do Procon. As festas e aglomerações seguem proibidas em São Paulo por conta da pandemia, que já matou mais de 530 mil brasileiros.

Em comunicado enviado pela assessoria, a dupla afirmou que foi contratada para “uma pequena confraternização para familiares e amigos”.

Leia a nota a seguir:

“A dupla Matheus & Kauan foi conador dtratada para realizar uma presença VIP no aniversário de Lucyana Villar, no dia 10 de julho de 2021 em uma pequena confraternização para familiares e amigos.

No ato da contratação foi afirmado pelo contratante que seriam seguidos todos os decretos que regulam concentração de pessoas, adotando protocolos de segurança e que não haveria venda de ingressos.

Registra-se que a dupla realizou o teste no dia e o mesmo teve como resultado ‘Não Reagente’.

Infelizmente a parte Contratante não respeitou o pactuado, efetuando venda de ingressos sem nenhum comunicado e autorização, bem como também desrespeitou o acordado no que tange ao números de pessoas no local.”

Imagem: Reprodução/Instagram

Fonte: IstoÉ


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]