Membros da CEI da Educação vão ouvir a prefeita Suéllen nesta terça-feira

Escrito por em 17/05/2022

Vereadores que integram a CEI da Educação estarão novamente reunidos nesta terça-feira, desta vez para ouvir a prefeita Suéllen Rosim.

Este será o segundo depoimento da chefe do executivo na Comissão de Inquerito que apura a desapropriação de 16 imóveis no final do ano passado. Outras informações com Emerson Luiz.

Dos 16 imóveis desapropriados, seis foram pagos judicialmente pelo Poder Executivo aos proprietários, pois não houve um acordo sobre o valor pago pelo município. O prazo para apresentação do relatório final da Comissão Especial de Inquérito, termina no dia 7 de JUNHO.

Reunião cancelada

A assessoria de imprensa da Câmara informou na manhã desta terça-feira que a 13ª Reunião Ordinária da Comissão Especial de Inquérito (CEI) – que apura as desapropriações de 16 imóveis para a Secretaria Municipal, através de declarações de utilidade pública, ocorridas durante o ano de 2021, com um aporte financeiro da pasta de cerca de R$ 34,8 milhões – agendada inicialmente para esta terça-feira (17/5), às 14h, foi cancelada. O encontro contaria com a presença da prefeita Suéllen Rosim (PSC) e trataria sobre os imóveis desapropriados que estão judicializados e totalizam mais de R$ 14 milhões de investimentos.

O cancelamento ocorreu após o Poder Executivo adiantar a informação de que não há nenhuma nova posição a passar aos membros do colegiado.

A ‘CEI da Educação’ foi instaurada no dia 7 de fevereiro e já soma, até o momento, 99 dias de trabalho de investigação, com mais de 40 horas de gravação e 34 depoimentos no total.

O relatório final deve ser apresentado até o dia 7 de junho, cumprindo o prazo de 120 dias de trabalho desde a instauração da Comissão Especial de Inquérito (CEI).

* Atualizada às 8h25 – 17/05/22


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]