Mesmo diante pandemia, cresce o número de mesários voluntários

Escrito por em 16/10/2020

Apesar do alto número de pedidos de dispensa do trabalho nas eleições em razão da pandemia da Covid-19, a quantidade de voluntários que se propuseram a trabalhar como mesários na eleição deste ano em Bauru cresceu entre aproximadamente 35%. A constatação é do chefe do cartório da 23ª Zona Eleitoral de Bauru, Munir Sayed. No Estado de São Paulo, a procura para atuar como mesário voluntário aumentou 15,8% em relação às eleições de 2016. Munir afirma que o aumento surpreendeu.

O trabalho de mesário não é remunerado, mas faz jus a auxílio-alimentação nos dias em que houver votação. O mesário também tem direito a dois dias de folga para cada dia que passar nos treinamentos oferecidos pela Justiça Eleitoral, ou trabalhando na função a que for designado no dia da votação.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]