Morte do bebê esquecido em carro reacende preocupação com creches clandestinas

Escrito por em 31/08/2021

A morte de uma criança de dois anos esquecida por uma suposta babá em um carro no Jardim Redentor, em Bauru, na semana passada reascendeu a discussão sobre a fiscalização de estabelecimentos clandestinos na cidade de Bauru. De acordo com a vereadora Chiara Ranieri, o serviço das “mães crecheiras”, como são chamadas as mulheres que atuam como cuidadoras em creches clandestinas precisa ser fiscalizado. A parlamentar faz um alerta aos pais que utilizam desses serviços, mas reconhece a dificuldade em se fiscalizar creches clandestinas que ocorrerem em residências particulares.

Entre as exigências legais para se abrir uma creche estão alvará sanitário, alvará do Corpo de Bombeiros, plano de educação, proposta pedagógica e relatório com prova de habilitação profissional.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]