Motorista que atropelou jovens no acostamento falou que ‘se perdeu em curva’ em trecho de reta, diz delegado

Por on 23 de setembro de 2019

O motorista de 28 anos que atropelou quatro jovens e matou três deles na madrugada do domingo, em Santa Cruz do Rio Pardo, disse para polícia ter perdido o controle em uma curva da Rodovia João Baptista Cabral Rennó. No entanto, a perícia esteve no local, que é um trecho de reta. A suspeita é de excesso de velocidade. A velocidade permitida no trecho é de 100 km/h.

Conforme a polícia, o teste do bafômetro indicou que o motorista havia ingerido bebida alcoólica. O motorista foi preso em flagrante por lesão corporal e homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ele está internado na Santa Casa de Santa Cruz do Rio Pardo sob escolta. Kezia Cristina de Carvalho (15 anos), Isabela Lorenzetti de Oliveira (15 anos), e Wesley Gabriel Batista (20 anos) morreram. Carlos César da Silva Adorno (22 anos) também foi atingido e segue internado.

Segundo a polícia, os jovens voltavam uma festa em Ipaussu e caminhavam pelo acostamento no km 328 quando foram atingidos pelo carro. Kezia e Isabela morreram no local. Com o impacto, elas foram jogadas a 30 metros de distância do local do atropelamento. Wesley chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Carlos César segue internado na Santa Casa e o estado de saúde dele é considerado estável. As três vítimas foram enterradas em Santa Cruz do Rio Pardo na manhã desta segunda-feira.

O suspeito foi ouvido e liberado após audiência de custódia.

Fonte: G1

Jovens foram atropelados em Santa Cruz do Rio Pardo — Foto: Arquivo pessoal


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background