Motoristas correm risco com animais soltos em vias movimentadas

Escrito por em 22 de março de 2018

Animais de grande porte soltos na pista continuam assustando motoristas com riscos de sérios acidentes. Projeto de Lei que proíbe este tipo de criação segue tramitando na Câmara Municipal.

Desta vez o susto foi no viaduto Antônio Eufrásio de Toledo, principal ligação do centro e bairros como Vila Falcão, Vila Souto e Independência, no final da avenida Duque de Caxias. Um cavalo solto bem no meio do viaduto, durante a noite de terça-feira, assustou motoristas e atrapalhou o trânsito. Por sorte, nenhum acidente foi registrado.

O fato, no entanto, remete ao projeto de lei que tramita no legislativo municipal, proibindo a criação de animais de grande porte dentro dos limites da área urbana de Bauru. O projeto chegou a ser aprovado em primeira discussão.

Acontece que os autores da matéria, os vereadores Coronel Meira e Yasmin Nascimento apresentaram uma emenda ao projeto, retirando quase todas as exceções a regra, entre elas, a criação de grandes animais para fins científicos, por exemplo.

A única exceção mantida foi para animais utilizados pelas forças de segurança. Desta forma, a proposta retornou para a Comissão de Justiça, onde o relator, José Roberto Segalla, deu parecer contrário à emenda supressiva. Contudo, foi voto vencido, porque os demais vereadores da Comissão, que são Roger Barude, Natalino da Silva e o próprio Coronel Meira, eles deram parecer favorável a tramitação e agora o projeto está nas mãos dos parlamentares da Comissão de Economia.

O caso recente de maior repercussão envolvendo animal solto em via de grande tráfego aconteceu no fim do ano passado, quando um jovem de 19 anos morreu após atropelar um cavalo, na área urbana da SP-225, em Bauru.

Foto: Marcos Santos.



94FM ao vivo

Essa Rádio Pega

Current track
TITLE
ARTIST

Background