MP recebe ação de improbidade contra Igreja e ex-assessor

Escrito por em 28/02/2020

Após ouvir vários servidores municipais, o Ministério Público recebeu ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-assessor da Secretaria das Administrações Regionais, Douglas de Oliveira Martins e a Igreja do Evangelho Quadrangular.

Conforme a 94 noticiou em novembro do ano passado, o munícipe Matias Muniz, denunciou a utilização de equipamentos da Sear, além de servidores municipais, para realização de serviços na área interna do recinto ‘Recanto Quadrangular’.

Em entrevista a 94FM, Matias Muniz afirmou que a mesma representação foi feita à época, a Câmara, que optou em arquivar a denúncia.

Matias avalia que houve quebra de decoro parlamentar, pela própria Câmara, que não apurou a denúncia e, cogita pedir uma Processante contra o presidente do Legislativo, vereador Segalla.

A reportagem da 94 teve acesso a alguns depoimentos constantes no processo. Nele, os depoentes afirmaram que a limpeza da área foi feita por servidores da regional São Geraldo. Na ação, a promotoria pede a condenação da Igreja e do ex-assessor da Sear, pela realização de serviços em área particular.
Por sua vez, a vereadora Yasmim Nascimento se defende, novamente, das acusações. Segundo Yasmim, houve apenas, por parte dela, solicitação para realização de reparos em via pública. A parlamentar afirma confiar nos desdobramentos dentro da esfera Judicial e anuncia providências que pretende tomar:


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]