Mulheres ao volante: pesquisa indica que elas dirigem melhor

Escrito por em 26/10/2020

Ainda é comum ouvir que mulher e direção não combinam ou que as mulheres não dirigem muito bem. Mas não é o que as estatísticas apontam. Dados do Infosiga SP mostram que somente 6,3% dos casos de acidentes registrados no primeiro trimestre de 2020 envolvem mulheres na direção, um percentual 16 vezes menor do que o número de acidentes com homens ao volante. A prudência no trânsito é demonstrada também por meio do perfil dos condutores com habilitações suspensas. Das 91,5 mil CNHs suspensas entre janeiro a março deste ano no estado de São Paulo, apenas 26% pertencem às mulheres. Para falar sobre o assunto, a repórter Daiany Ferreira ouviu o engenheiro Archimedes Azevedo Raia Junior, especialista em segurança viária.

O número de acidentes com vítimas fatais envolvendo mulheres nos três primeiros meses de 2020, corresponde apenas 15,5%, frente a 84,5% de homens.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]