NOROESTE MERGULHA EM ÁGUAS PROFUNDAS E REVOLTAS

Por on 13 de agosto de 2018

O Noroeste vai muito mal na Copa Paulista. Empatou um jogo e perdeu dois. É o lanterninha do grupo. Para se classificar à próxima fase tem que terminar entre os quatro primeiros. Se não conseguir será eliminado no fim de setembro.

Se o desfecho for esse e à primeira vista é o que parece, o Noroeste só voltará a jogar no início do próximo ano. Vai recomeçar sua luta para tentar o retorno à Série A2. Aliás, coisa muito difícil, pois sobem apenas duas equipes.

A contratação do técnico do Atibaia parece não ter contribuído para um progresso no elenco e consequentemente na obtenção de melhores resultados. As contratações também não convenceram até agora.

O clube vive uma fase muito difícil e sinceramente não acredito numa reabilitação do EC Noroeste, enquanto clube forte do Interior Paulista. O cenário sinaliza mais para decadência do que para progresso. Pode ocorrer um mergulho muito profundo em águas revoltas.

Se não conseguir reunir recursos para, pelo menos, se manter na Série A3, poderá amargar novo rebaixamento para a Bezinha, isto é, a Segunda Divisão, uma etapa quase amadora do futebol paulista.

Essa é uma triste realidade não apenas para o Noroeste. América de Rio Preto, Paulista de Jundiaí, XV de Novembro de Jaú e outras antigas e importantes equipes também estão ficando pelo caminho, comendo poeira e se desmanchando aos poucos.

Dificilmente um raio vai cair duas vezes no mesmo lugar . Um Damião Garcia não surge toda hora. Tocar o futebol profissional passou a ser um desafio muito oneroso para os parcos recursos investidos até aqui. Só mesmo uma união de empresas poderosas poderá encarar com sucesso uma baita empreitada como é manter uma equipe profissional de futebol como aquela do time de Damião no início dos anos dois mil. Leia meu livrinho “ O Noroeste na Era Damião” e veja se dá para encarar.

Marcado como

Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background