Novela das obras da Rondon segue com prefeitura ameaçando ir à Justiça contra Artesp

Por on 15 de março de 2019

A Prefeitura está inconformada com a postura irredutível da Artesp sobre as solicitações feitas para alteração nos projetos de construção das pistas marginais da SP-300.

As obras já acontecem no trecho urbano, mas são contestadas por empresários e moradores das proximidades da rodovia, principalmente, pela falta de acessos aos bairros e também ausência no projeto do viaduto da avenida Cruzeiro do Sul.

A Secretária do Planejamento, Letícia Kircher diz que o impasse pode ir parar na Justiça. Em tom de desabafo, ela se diz decepcionada com a Agência Reguladora dos Transportes. Letícia diz que a Artesp virou as costas para Bauru:

É cogitada ainda uma nova comitiva de políticos bauruenses, desta vez diretamente na sede da Artesp, em São Paulo, para tentar negociar alterações no projeto das marginais da SP-300.

Esta seria uma das últimas medidas antes da prefeitura acionar a Justiça. Vale lembrar que o contrato da atual administradora do trecho da Marechal Rondon entre Bauru e a divisa com o Mato Grosso do Sul termina em maio.

A prefeitura também ameaça questionar, judicialmente, o cumprimento de obrigações da concessionária para continuar explorando a cobrança de pedágio na Rondon. A administradora Via Rondon é responsável pela obra das marginais.

Foto: Reprodução/ Via Rondon

Marcado como

Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background