Pai relata gritos racistas contra a filha em jogo entre Sesi Vôlei Bauru e Barueri

Por on 24 de maio de 2019

Morador de Osasco (SP), Gilmar Venâncio acusa torcedores do Sesi Vôlei Bauru de ofensas de cunho racista contra sua filha, de 17 anos, que é jogadora do time de Barueri, que enfrentou a equipe bauruense, nesta quarta-feira (22), em Bauru, pelo Campeonato Paulista da categoria de base. Indignado, Gilmar publicou um post no Facebook, revoltado com a alegada discriminação. Por meio de nota oficial, o Sesi Vôlei Bauru demonstrou solidariedade com o sentimento de revolta e indignação do pai. De forma oficial, a direção da equipe bauruense afirma estar apurando os fatos para, se comprovado o fato lamentável, tomará atitudes cabíveis legais. Ainda por meio de nota, o clube afirma não tolerar ou compactuar com qualquer tipo de preconceito e repudia atos racistas de forma veemente.

Foto: Reprodução Facebook

Marcado como

Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background