Para renovação de contrato, Noroeste propõe redução de salário aos jogadores

Por on 29 de abril de 2020

Com a queda na arrecadação por conta da falta de jogos, o Noroeste está negociando uma redução salarial com jogadores e comissão técnica, em 50% para os meses de abril e maio. Já para junho, a situação segue incerta, em razão da indefinição quanto ao reinício da competição.

Em nota, o clube informou o departamento de futebol profissional já distribuiu os novos contratos para os jogadores. Sem revelar nomes, o alvirrubro relatou que a maioria dos profissionais, concordou com a redução, entendendo a situação do clube. Aqueles que ganham menos de dois salários mínimos terão um percentual menor de redução e, os que recebem um salário mínimo, terão o valor mantido.

O Noroeste era o único entre os 16 participantes do campeonato paulista da série A3, que teve lucro com a bilheteria enquanto mandante das partidas. Além dessa receita, a Federação suspendeu o repasse das cotas de participação aos clubes e a falta de patrocinadores, prejudicaram o planejamento da diretoria.

Líder da competição com 26 pontos, o Noroeste está classificado para a segunda fase e, aguarda o retorno da A3, para a realização dos quatro últimos jogos da fase de classificação, contra o Comercial (C), Barretos (F), Primavera (F) e Grêmio Osasco (C).

O gerente do futebol do alvirrubro, Deda, é o encarregado da negociação da renovação de contrato com os atletas. Do elenco de 27 jogadores disputando a competição, o Noroeste tem 22 com os contratos encerrando na segunda quinzena de maio.

Torcedor deu um show nas arquibancadas nesta série A3. Foto: Bruno Freitas/ECN


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background