Para Sindicato, projeto de autarquização da Emdurb não chegará à Câmara

Escrito por em 03/02/2020

O Sindicato dos Servidores Municipais não acredita mais no envio do projeto de autarquização da Emdurb, à Câmara Municipal.

Inicialmente, o prefeito Clodoaldo Gazzetta encaminhou o projeto para avaliação pela Câmara, no dia 2 de agosto de 2018. À época, a proposta defendia uma economia anual em torno de 5 milhões de reais. Alguns dias depois, o projeto foi retirado de tramitação e, enviado para apreciação pela Funprev.

Para o dirigente sindical Valdecir Rosa, apesar de ser uma vontade dos funcionários da Emdurb, esse projeto não andará.

Uma proposta apresentada durante audiência pública, era pela manutenção dos atuais funcionários da empresa, no regime celetista, enquanto apenas os novos contratados seriam pelo regime autárquico.

Caso fosse aprovada a mudança, a Emdurb adotaria apenas a contabilidade pública. Hoje, o modelo privado também é exigido. Também, a criação e a alteração dos cargos só poderiam ser efetivadas por meio de lei municipal. Atualmente, esse procedimento não é necessário.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]