Pequim tem 68 casos de coronavírus; criança de 9 meses é mais jovem infectada, diz jornal

Escrito por em 26/01/2020

Fonte: Portal G1

A capital da China registrou ao menos 68 infectados por coronavírus desde o início do surto, em 31 de dezembro. Segundo o jornal estatal “Diário do Povo” de domingo (26), um bebê de 9 meses está entre os pacientes diagnosticados com a doença em Pequim.

A China concentra o maior número de infecções por uma nova cepa do coronavírus, são mais de 2 mil casos no país asiático e 56 mortes confirmadas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu o primeiro alerta da doença depois que as autoridades chinesas notificaram casos de uma misteriosa pneumonia na cidade de Wuhan, epicentro deste surto. Apesar dos números, a OMS afirmou nesta quinta que “ainda é cedo” para declarar emergência internacional devido às infecções do coronavírus.

Criança Brasileira

Uma criança brasileira de 10 anos está internada nas Filipinas com suspeita de coronavírus, segundo o site da rede local ABS-CBN News. Ela esteve na cidade chinesa de Wuhan com os pais, que também estão em isolamento no mesmo hospital, por precaução.

Segundo o doutor Audie Cipriano, chefe dos médicos do hospital ng Palawan, em Puerto Princesa, a criança foi hospitalizada com febre e dificuldade para respirar na madrugada de sábado, enquanto seu pai apresentava apenas dor de garganta.

Enquanto a ABS-CBN News diz que o paciente é um menino, a CNN de Manila afirma que se trata de uma menina, que mora na China com a família e estava passando férias nas Filipinas.

Além da criança brasileira, uma menina taiwanesa de seis anos também está em isolamento por suspeita de contaminação. Ela tem pneumonia, e seus pais disseram que ela teve contato com pessoas que estiveram em Wuhan, cidade chinesa que registra a grande maioria dos casos.

As duas crianças ainda aguardam os resultados de seus testes, e devem permanecer em isolamento por um período de cinco a 14 dias.

Quinto caso nos EUA
Neste domingo (26), os Estados Unidos confirmaram mais três casos da doença, chegando agora a cinco. Segundo o Departamento de Saúde Pública, as pessoas retornaram de viagens a Wuhan e, ao apresentar sintomas, foram a hospitais – duas na Califórnia e uma no Arizona – onde estão recebendo tratamento. Seus nomes e localizações exatas não foram divulgados.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]