Plano Diretor aponta décifit de 16 mil moradias populares em Bauru

Escrito por em 28/07/2021

Desde que o governo Federal extinguiu a Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida, o déficit de moradias populares cresceu em Bauru. Um levantamento realizado recentemente pela empresa contratada para elaborar o Plano Diretor da cidade apontou uma demanda de 16 mil moradias para pessoas de baixa renda. Para o vereador Coronel Meira, a prefeitura deveria investir em um programa de moradias populares por meio de lotes urbanizados a fim de evitar ocupações irregulares no município. O vereador acredita que a prefeitura deve investir na ocupação ordenada de vazios urbanos na cidade de Bauru.

Lembrando que o governo do ex-prefeito Clodoaldo Gazzetta havia reservado uma área na região da Quinta da Bela Olinda para a implantação de um programa estadual de moradias populares.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]