PM Ambiental multa homem que comercializava Arara Canindé pelas redes sociais

Por on 28 de novembro de 2018

A Polícia Ambiental de Bauru multou em mais de R$5 mil um homem que comercializava uma Arara Canindé pelas redes sociais.
Após denúncia, os policias foram até a Vila Maria, em Bauru, para fiscalizar a residência do suspeito.
No local, as equipes encontraram duas aves silvestres, a Arara Canindé, ave ameaçada de extinção e um Bem-Te-Vi.
As aves foram encaminhadas ao Zoológico Municipal de Bauru para avaliação e cuidados necessários.
Em seguida, os policiais estiveram no bairro Santa Izabel, área rural de Arealva.
Nesta ocorrência, o homem caçava aves silvestres e comercializava na região. Ele foi autuado em mais de R$15 mil.
No sítio, foram encontrados cinco pássaros, sendo três da espécie Curió, ave ameaçada de extinção e dois canários da terra.
De acordo com a Polícia Ambiental, comercializar ou explorar imagens de animais silvestre sem autorização é crime Ambiental.

Ocorrência em Bauru.
Foto: Polícia Ambiental


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background