Polícia Civil prende autor de homicídio no Nobuji Nagasawa

Por on 28 de janeiro de 2020

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira, dia 27, na cidade de Duartina, um transsexual, suspeito de ter matado na última semana o mototaxista Amauri Arruda dos Santos, de 47 anos, em Bauru.

Na última quinta-feira, dia 23 de janeiro, familiares do mototaxista utilizaram uma chave reserva da residência dele, que fica na Rua Virginio Degaspere Pereira, no Núcleo Nobuji Nagasawa, e entraram na casa porque não tinham notícias de Amauri há alguns dias. No interior do imóvel, os familiares encontraram a casa vazia, sem móveis, e acharam o corpo de Amauri enrolado em uma lona, com vários ferimentos e parcialmente incendiado.

De acordo com o Delegado Clédson Nascimento, da Delegacia de Bauru, após investigações, a equipe de Homicídios chegou até um suspeito que foi reconhecido por testemunhas, como sendo a pessoa que retirou os móveis da casa da vítima.

Em diligência à casa do suspeito na cidade de Duartina, os policiais localizaram os móveis e objetos da vítima. Os policiais ainda encontraram vestígios de sangue em um capacete, duas blusas, um sofá e um colchão. Os materiais foram apreendidos para a realização de um exame pericial.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito possuía uma lesão na palma de uma das mãos, similar a lesão provocada por objeto cortante. Formalmente interrogado, ele confessou o crime e relatou que um desentendimento anterior com Amauri que teria tentado golpeá-lo com uma faca. Após o depoimento, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Pirajuí.

Foto: Divulgação/ Polícia Civil de Bauru

Foto: Divulgação/ Polícia Civil de Bauru

Foto: Divulgação/ Polícia Civil de Bauru

Foto: Divulgação/ Polícia Civil de Bauru

Foto: Divulgação/ Polícia Civil de Bauru

Foto: Divulgação/ Polícia Civil de Bauru


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background