Polícia identifica rapaz que ofendeu uma jovem com xingamentos racistas na internet

Escrito por em 28/10/2020

A Polícia Civil identificou o internauta que fez comentários racistas contra uma jovem bauruense, de 24 anos, em uma página no Facebook.
O indiciado, de 21 anos, mora em Igarassu, cidade localizada em Pernambuco. Ele confessou ter publicado as ofensas, alegando que apenas teve a intenção de “brincar”. Disse, ainda, que não imaginava que seria identificado.
O crime aconteceu em 23 de junho, em uma página do Facebook voltada à valorização da cultura e da beleza negra. Em um post de uma foto de uma mulher negra com cabelos volumosos, o jovem, que não teve a identidade revelada, usou um perfil falso e publicou termos preconceituosos. Além de dizer que os cabelos da mulher que aparecia na foto se assemelhavam a “palha queimada”, ele se dirigiu à jovem bauruense com uma sequência de emojis ofensivos. A jovem Naiara Tamires dos Santos procurou a Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência. Segundo o delegado Eduardo Herrera, coordenador do Setor de Investigações Gerais (SIG), órgão ligado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Bauru, foi requisitada a quebra de sigilo eletrônico do perfil do Facebook e, a partir do rastreamento do número de telefone, e-mail e endereço de IP (Protocolo de Internet) utilizados para criação da conta, o autor foi identificado.
Ainda de acordo com o delegado, o autor não tinha antecedentes criminais e, durante as investigações, não foram detectadas condutas anteriores de racismo praticadas por ele no Facebook. Ele responderá judicialmente por injúria racial e, se condenado, poderá receber pena de reclusão de um a três anos, que, normalmente, é convertida em medidas cautelares ou prestação de serviços à comunidade.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]