Polícia prende quadrilha no Vale do Igapó e liberta motorista

Escrito por em 06/11/2020

Uma ação da Polícia Civil de Bauru resultou na prisão de seis criminosos e na libertação de um refém. Um caminhoneiro foi libertado nesta quinta-feira (5) após passar um dia nas mãos de bandidos que integram uma quadrilha suspeita de roubar caminhões para vender na fronteira com o Paraguai. Na ação, seis homens foram presos em flagrante.
Segundo a polícia, a quadrilha alugou uma casa no Vale do Igapó, com o objetivo de utilizá-la como cativeiro. No local, os criminosos mantinham o motorista como refém. Ele estava preso no quarto da casa e estava desaparecido desde a última quarta-feira (4) quando a família, que mora no Paraná, procurou a delegacia local para registrar a ocorrência.
De acordo com o delegado Cledson Nascimento, titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da Deic, as investigações começaram na quarta-feira, quando o Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), da Polícia Civil do Paraná, entrou em contato com a DIG de Bauru informando que os familiares de um caminhoneiro de Terra Boa (PR) havia relatado que estava desaparecido. Ele tinha feito um frete para Ourinhos e disse para a esposa que, por meio de um aplicativo de frete, tinha encontrado um serviço para transportar um nova carga de Bauru até o Paraná. Só que os contratantes eram, na verdade, dois integrantes do grupo criminoso, que usou o nome de uma empresa para atrair a vítima. Após roubar os caminhões, a quadrilha levava os motoristas para o cativeiro. Na casa, a polícia apreendeu dois carros com placas de Campinas e Piracicaba, duas armas, munições e coletes, possivelmente usados pelos criminosos durante as abordagens.

 

Com informações: G1


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]