DEIC prende em Rio Claro dois participantes do assalto aos bancos em Bauru

Por on 6 de setembro de 2018

Dois participantes do assalto às agências bancárias realizado na madrugada de quarta-feira (05), em Bauru, acabaram presos no final da noite desta quarta.

De acordo com as informações obtidas pela reportagem da 94FM junto ao Departamento Estadual de Investigações Criminais, o DEIC, dois homens envolvidos no ataque foram presos em um imóvel no município de Rio Claro, região de Campinas, onde foi instalada a base operacional da quadrilha. No local as equipes ainda apreenderam R$ 45 mil, munições de fuzil, explosivos e material para detonação.

A descoberta da base envolveu um trabalho de Inteligência e troca de informações entre todas Divisões do Deic.

Uma apuração chamou a atenção. Policiais da 3ª Delegacia Divecar (Investigações sobre Desmanches Ilegais) monitoravam indivíduos suspeitos de roubo de carga, a equipe detectou semelhança entre os veículos usados no ataque em Bauru e os utilizadas nas ações nas estradas.

As informações identificaram um imóvel no Jardim Floridiana, onde funcionaria a base da quadrilha. As equipes da 3ª Divecar, do GARRA e do GER (Grupo Especial de Reação) cercaram o local.

Os policiais detiveram José Luiz Milani, de 69 anos, e Caio Rossano Paternazi , de 44, que a princípio negaram a participação, mas, diante das apreensões, acabaram admitindo. Paternazi, inclusive, ajudou a fazer os levantamentos dos estabelecimentos bancários. Os dois foram autuados por porte de armas, roubo e organização criminosa.

De acordo com o Delegado Seccional, Dr. Ricardo Luiz de Paula Martines, após uma audiência de custódia, os dois criminosos foram levados para São Paulo.

Crédito: Polícia Militar/Divulgação


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background