Por ausência de diálogo, Sindicato pede retirada de PL que altera pagamento das férias dos servidores municipais

Escrito por em 24/11/2021

Projeto de lei protocolado na Câmara Municipal no último dia 16, alterando a forma de pagamento das férias dos servidores municipais, motivou o descontentamento em parte da categoria.

Por conta disso, o Sinserm (Sindicato dos Servidores Municipais), solicitou na última sexta-feira (19), a retirada do projeto, apontando ausência de discussão com a categoria. Após o pedido, a prefeitura elaborou um comunicado nesta segunda-feira (22), informando quais as alterações estão sendo propostas.

O advogado do Sinserm, José Francisco Martins, continua defendendo a retirada do Projeto de Lei (PL) e, aponta até mesmo a carência de educação financeira de muitos servidores.

O secretário de administração, Everson Demarchi, afirmou que a mudança não acarretará prejuízos ao servidor. Everson disse ainda, que funcionários em cargos de confiança e trabalhadores celetistas, já terão que receber dessa forma, após implantação do E-Social, pelo governo federal.

A reportagem questionou a assessoria de imprensa sobre a possibilidade de ser realizada uma reunião entre a administração municipal e o sindicato. Em resposta, a prefeitura respondeu que o Sinserm protocolou um documento, que será respondido pela pasta e devolvido ao sindicato nesta semana.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]