Possível fechamento da Central de Vagas na educação municipal preocupa pais e educadores

Escrito por em 30/06/2022

Vereadora Estela Almagro solicitou ao Ministério Público, que apure, de forma preventiva, a possibilidade de fechamento da Central de Matrículas, pela Secretaria da Educação.

Sob condição de anonimato, um especialista ouvido pela reportagem, considera como grande prejuízo o desmonte da central de vagas. Entre os motivos apontados, o cadastro diretamente nas escolas não terá listagem pública, impossibilitando assim, o controle externo. Essa situação, atrapalharia até mesmo o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), firmado com o Ministério Público, pois sem a transparência, não é possível certificar o número real de crianças aguardando vagas.

Segundo Estela Almagro, esse assunto sequer foi discutido com o Conselho Municipal da Educação.

Outro apontamento feito pelo especialista ouvido pela 94FM, é de que a maioria das escolas possui poucos funcionários em suas estruturas, tendo algumas qualquer servidor na área administrativa.

Quando o pedido de vaga é feito através da Central, os responsáveis podem indicar, no máximo, TRÊS ESCOLAS. Caso o cadastro seja individualizado, as famílias poderão se inscrever em qualquer unidade escolar.

Leia mais:

  • EDUCAÇÃO PRETENDE ENTREGAR AINDA ESTE ANO UMA NOVA ESCOLA E OUTRAS DUAS REFORMADAS

  • Opnião dos Leitores
    1. Thiago   Em   30/06/2022 em 19:35

      É preciso apurar mesmo, pois essa gestão chegou ao ponto até de negar vaga para uma criança autista. Os pais tiveram que recorrer a uma escola estadual, e pelo que eu soube ocorreram mais casos assim.

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



    [Nenhuma estação de rádio na Base de dados]