Prefeita aciona justiça para suspender comissão processante

Escrito por em 25/06/2022

Depois de ter sido notificada na sexta-feira sobre a Comissão Processante que a investiga sobre possíveis irregularidades nas compras da Educação, a prefeita Suéllen Rosim acionou a Justiça. A defesa da prefeita ingressou com mandado de segurança para tentar suspender o andamento da processante. O Ministério Público se posicionou contra a liminar. A juíza do caso notificou a Câmara Municipal para que se posicione em cinco dias. O jornalista Nelson Itaberá tem as informações.

Leia mais:

  • PREFEITA É NOTIFICADA DE PROCESSANTE E AGORA TEM 10 DIAS PARA DEFESA PRÉVIA
  • CÂMARA APROVA ABERTURA DE COMISSÃO PROCESSANTE CONTRA O MANDATO DA PREFEITA SUÉLLEN ROSIM

  • Opnião dos Leitores
    1. Genivalter damasceno   Em   25/06/2022 em 13:14

      Bora responder prefeita, quem não deve não teme, verdade só tem uma, se está contigo é só responder os questionamentos e provar que não deve nada, além de obrigação e transparecia na administração pública! Pois está prefeita e a serviço de todos nós Bauruenses tendo votado na senhora ou não!

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



    [Nenhuma estação de rádio na Base de dados]