Prefeitura de Bauru inaugura Emeii no Jardim Ivone

Escrito por em 19/06/2021

A prefeita Suéllen Rosim e a secretária de Educação, Maria do Carmo Kobayashi, inauguraram nesta sexta-feira (18) a Emeii Valéria Dalva de Agostinho, no Jardim Ivone. A obra foi viabilizada com recursos do Ministério da Educação, através do Programa Proinfância, com contrapartida do município.

A escola antes funcionava em um imóvel provisório, com 89 alunos. Com o novo prédio, serão 180 alunos, permitindo uma ampliação dos atendimentos a população do Jardim Ivone, Quinta da Bela Olinda, Vargem Limpa I, Vila São Paulo, Pousada da Esperança, Núcleo Nova Bauru, Jardim Silvestre, Núcleo Mary Dota e Núcleo Nobuji Nagasawa.

Com instalações modernas, confortáveis e preparadas com toda segurança e respeito, o prédio conta com 1.513,14 metros quadrados de área construída, contemplando oito salas de aula, dois berçários, refeitório, sala de multiuso, solários, pátio coberto, playground, banheiros para alunos e funcionários, fraldário, cozinha, lactário, dispensa, copa, lavanderia, vestiários, além de área verde.

O investimento foi de R$ 2.961.538,81, sendo R$ 1.979.860,84 de recursos federais, e R$ 981.677,97 de contrapartida do município.

VALORIZAÇÃO
A prefeita Suéllen Rosim falou sobre a intenção de melhorar ainda mais todas as escolas. “Os nossos alunos merecem ter toda a estrutura para as aulas, assim como os servidores precisam de um ambiente bom de trabalho. Ao final do nosso mandato, a gente quer ter todas as escolas com um padrão como este”, destaca.

A secretária de Educação, Maria do Carmo Kobayashi, agradeceu ao empenho de todos os que participaram para viabilizar a escola. “Esta escola funcionava em um imóvel adaptado, e agora terá sua sede própria, e atendendo um número ainda maior de alunos, com qualidade. Agradeço a toda a equipe da Secretaria de Educação e das demais secretarias para que esta entrega fosse possível”, afirma.

O ex-prefeito e deputado federal Rodrigo Agostinho, se emocionou em seu discurso, ao lembrar da trajetória da mãe Valéria Agostinho, falecida há quase sete anos. Ele também destacou a importância da ampliação da rede de ensino municipal. “A rede municipal é reconhecida pela qualidade, e muitas regiões precisam de mais vagas, como esta. Fico feliz ainda com a homenagem dada a minha mãe, vou ter um carinho ainda maior com essa escola”, destaca.

A diretora da Emeii, Rogéria Cristina Toqueti Orsi Silva, discursou em nome dos servidores da escola. O vereador Markinho Souza, presidente da Câmara Municipal, falou em nome dos vereadores, e citou a necessidade de investimento constante na área da educação.

HOMENAGEM
A Emeii leva o nome de Valéria Dalva de Agostinho, advogada que morreu em 2014. Seu filho, Rodrigo Antônio de Agostinho Mendonça, esteve presente na inauguração. Ele já foi vereador e prefeito de Bauru, e atualmente é deputado federal.

Valéria nasceu em 6 de julho de 1957, em Bauru, descendente de imigrantes italianos que vieram ao Brasil trabalhar nas plantações de café. Era filha de Josefina Aparecida Salvador e Antonio de Agostinho e, a mais nova das três irmãs – Maria Cristina, administradora de empresas e Ivelize de Fátima, artista plástica. Além de irmãs, foram suas grandes parceiras e amigas durante sua vida.

Foi professora formada pelo Curso Normal para o magistério pelo Colégio São José, em Bauru. Advogada, formada em Direito, com pós-graduação em Direito Empresarial pela Instituição Toledo de Ensino (ITE). Trabalhou em 1975 como professora substituta no Grupo Escolar Carlos Chagas. Também foi catequista em igrejas da cidade onde professou sua fé.

Tempos depois se dedicou a carreira jurídica onde trabalhou junto com o jurista Fernando da Costa Tourinho Filho por mais de uma década. Logo em seguida ingressou no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), onde atuou como Procuradora pelo Instituto e também pelo Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (INAMPS).

Teve dois filhos, Frederico Giorgio de Agostinho Mendonça, que faleceu aos 16 anos de idade, e Rodrigo Antônio de Agostinho Mendonça. Valéria faleceu um dia após o seu aniversário de 57 anos, em 7 de julho de 2014, após um infarto fulminante. Foi enterrada sob grande comoção de amigos e colegas de trabalho que tinham grande carinho e admiração por ela.


Opnião dos Leitores
  1. Sebastião Alves Siqueira   Em   20/06/2021 em 18:20

    Parabéns pela EMEI JD IVONE,,,eu ficaria feliz se a desejada honestidade desse uma chegadinha na PMB, e acertasse comigo o enorme prejuízo (já comprovado pela última gestão) que me causou!! Por falha no projeto, quando feita a terraplanagem inicial.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]