DAE assina nesta terça convênio com universidades para projeto pioneiro de águas subterrâneas

Escrito por em 04/04/2022

O Departamento de Água e Esgoto assina na próxima terça-feira o contrato de um projeto para estudo pioneiro de águas subterrâneas. O estudo envolve cerca de 42 profissionais de universidades nacionais e internacionais, instituições de pesquisa do governo do Estado de São Paulo, da Prefeitura de Bauru e do DAE. O Projeto Soluções Integradas de Água para Cidades Resilientes, é o maior projeto de pesquisa em águas subterrâneas do estado de São Paulo e conta com financiamento da Fapesp e apoio das universidades brasileiras como a USP, Unicamp, Unesp e Unifesp, a canadense Waterloo e as japonesas Hiroshima e Okayama. O projeto também conta com o apoio de instituições do governo do Estado de São Paulo.

Com o uso de tecnologia inovadora e de baixo custo, os dados coletados servirão para estudar a disponibilidade hídrica da bacia do Batalha e dos aquíferos Bauru e Guarani. De acordo com Marcos Saraiva, presidente do DAE, o projeto terá duração de cinco anos com investimento de cerca de OITO MILHÕES DE REAIS.

Dentre as propostas do projeto estão criar um sistema inédito de abastecimento de água para a cidade ao incorporar ao abastecimento público, o uso de água superficial-subterrânea com poços às margens de rios e drenagens.

Leia mais:

  • DAE PREPARA AÇÕES PARA REDUZIR FALTA DE ÁGUA NO PERÍODO DE ESTIAGEM
  • DAE REINAUGURA POÇO CONSOLAÇÃO PARA ABASTECER BAIRROS EM PERÍODOS DE ESTIAGEM

  • Opnião dos Leitores

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



    [Nenhuma estação de rádio na Base de dados]