Prefeitura segue com força-tarefa na recuperação da cidade após fortes chuvas

Escrito por em 29/12/2021

Nesta quarta-feira (29), as equipes da Divisão de Drenagem e Pavimentação concentram os trabalhos na quadra 7 da Avenida Nações Unidas, sob o viaduto da Fepasa, na recuperação de guias, sarjetas e do pavimento arrancados pela força da enxurrada. A concretagem do canteiro central, na praça Zumbí dos Palmares, será feita quando não tiver mais riscos de chuva.

Outras equipes atuam em outros mais da cidade, coma a Divisão de Drenagem na contenção de uma erosão que se formou na avenida Comendador José da Silva Martha, quadra 20, e a Divisão de Construção, no combate a uma erosão nas imediações do Bosque Eliseu Fornetti, no Parque União, enquanto a equipe de Terraplenagem realiza a contenção de buracos provocados pelas chuvas em diversos bairros da cidade.

CHUVAS EM TODA A ÁREA URBANA

De acordo com a Defesa Civil, as chuvas que atingiram Bauru entre o final da tarde e início da noite desta terça-feira chegaram a 35 milímetros, entretanto, a precipitação ocorreu em toda zona urbana, que tem aproximadamente 68 km². “Nesta área caíram aproximadamente 2 bilhões de litros de água”, calcula o coordenador da Defesa Civil, Marcelo Ryal.

Todo este volume de água encheu a calha do Rio Bauru, provocando o transbordamento, o mesmo ocorrendo com o Córrego Água da Grama. Foram verificados pontos de enchentes em diversos locais da cidade, mas a situação mais crítica ocorreu na avenida Nações Unidas que ficou totalmente alagada entre o Parque Vitória Régia e o Termina Rodoviário.

QUEDAS DE ÁRVORES

Pelos menos 80 árvores caíram total ou parcialmente em consequência da chuva e a ventania desta terça-feira. Na rua Nilton Salmen, no Distrito Industrial I, diversas árvores de uma floresta de pinheiros caíram sobre a rede elétrica e, em um efeito dominó, derrubaram 18 postes de concreto. Na rua Antonio Alves, quadra 24, uma árvore de grande porte caiu e ficou atravessada na via, interrompendo o tráfego de veículos; na rua Afonso Forneti, no Beija-flor, parte de uma árvore caiu sobre uma casa, danificando parcialmente o imóvel. Outras quedas de árvores e galhos atingiram muros e carros, com danos menores.

Outro problema provocado pelo vendaval desta terça-feira foi a queda de energia elétrica. Bairros como Jardim Estoril, Vila Santa Luzia, Beija-flor, Mary Dota, Jardim Chapadão, Jardim Eldorado, Vila Nova Esperança ficaram às escuras durante várias horas, por conta das quedas de árvores e galhos que caíram e atingiram a rede de alta tensão.

As equipes da Secretaria do Meio Ambiente, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e CPFL trabalharam desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira para retomar a normalidade à cidade.

Avenida Nações Unidas, quadra 07. (Foto: Divulgação/ Jonas Rodrigues)

Rua Nilton Salmen – Distrito Industrial I. (Foto: Divulgação)

Rua Nilton Salmen, Distrito Industrial 1. (Foto: Jonas Rodrigues/ Divulgação)


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]