Presidente da Câmara defende nova captação de água do rio Batalha, como previsto no PDA

Escrito por em 24/11/2021

Mesmo diante da suspensão do rodízio de água em Bauru, a crise no abastecimento em várias regiões do município ainda é realidade e carece de ações mais efetivas do DAE. Esta é a visão do presidente da Câmara, Markinho Souza (PSDB).
Em seu uso na tribuna, o vereador citou que apesar das chuvas da última semana, o problema da falta d’água continua na cidade e criticou algumas medidas adotadas pela autarquia. Segundo o parlamentar, apenas perfurações de poços não resolvem a crise de abastecimento de água nos bairros.
O presidente do Legislativo também solicitou ao Executivo que dê agilidade ao projeto de construção de um novo ponto de captação de água no Rio Batalha, localizado a 22 quilômetros abaixo da atual lagoa de captação.
Em entrevista à 94FM, Markinho Souza trouxe várias questões envolvendo problemas de logística no abastecimento, além da morosidade de se concluir uma obra, prevista no Plano Diretor de Água (PDA), capaz de acabar com o problema da crise hídrica, mas somente em 2027.

A obra para construção de um novo ponto de captação de água no Batalha foi avaliada em R$ 45 milhões.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]