Presidente da Câmara sugere criar refis antes do DAE iniciar cortes

Escrito por em 15/10/2021

Recentes decisões do Poder Executivo têm gerado consequências diretas na vida da população bauruense. A afirmação é do presidente da Câmara Municipal, Markinho Souza, que usou seu discurso no rol de oradores da última sessão para pedir moderação nas decisões da prefeitura. O parlamentar lembrou de polêmicas como a obra da Praça Portugal, o corte de gastos para os eventos culturais e a interdição do Noroeste para alertar que o anúncio de corte nas contas de água em atraso pelo DAE é mais uma decisão que prejudica diretamente a população mais pobre. Markinho sugere que antes de dar início ao programa de cortes de contas em atraso, o DAE faça um programa de refis, para que os devedores possam parcelar os seus débitos.

Segundo o DAE, com a suspensão dos cortes houve um aumento na inadimplência, que ficava em torno de 4%, foi para 13%. Além do fim da suspensão dos cortes, o DAE informou que irá elaborar um plano de reposição tarifária.


Opnião dos Leitores
  1. André Cunha   Em   15/10/2021 em 13:30

    esse vereador nunca serviu para nada, foi líder dos piores governos que já passaram por essa cidade, agora quer questionar o que ?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]