Presidente do Conselho Municipal afirma que processo foi realizado de forma transparente

Por on 12 de outubro de 2019

Corregedoria da Prefeitura, Comissão Eleitoral e representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente indeferiram os recursos apresentados acerca de suposta irregularidade na contagem de votos ou problemas nas urnas eletrônicas durante eleição para o Conselho Tutelar em Bauru.

O pleito foi realizado no último fim de semana. Em entrevista à 94FM, a presidente do Conselho Municipal, Andréa Ferregutti afirmou que o processo foi realizado de forma transparente. No entanto, apesar do indeferimento dos recursos, as investigações prosseguirão sobre as denúncias incluindo abuso da máquina pública, formação de chapas e até mesmo abuso religioso. Os envolvidos ainda serão ouvidos, garante a presidente do Conselho:

As denúncias foram registradas após eleição para novos conselheiros tutelares em Bauru, ocorrida no último dia 6 de outubro.


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background