Presos a mãe e padrasto do menino de três anos internado com sinais de agressão

Escrito por em 24/02/2022

A Polícia Civil de Bauru, através da equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), prendeu nesta quarta-feira (23/08), mãe e padrasto da criança de três anos, que está internada com ferimentos causados, possivelmente, por conta de agressões.

O casal foi preso após passar por atendimento médico no Pronto Socorro Municipal Central, após eles serem alvo de tentativa de linchamento por populares, no Núcleo Octávio Rasi.

Com ferimentos na face e fratura no crânio, o menino foi socorrido na última segunda-feira (21/02), num imóvel da Vila Nova Esperança, em Bauru. Ele foi encaminhado para atendimento médico por uma tia e pela bisavó. Na ocasião, segundo a Polícia, o menino teria dito à equipe de socorristas que teria sido agredido pelos “pais”.

Após instauração de inquérito policial, a natureza da ocorrência migrou de lesão corporal e maus tratos para tentativa de homicídio. A delegada Márcia Regina dos Santos, titular da DDM, solicitou a prisão temporária tanto do padrastro, de 22 anos, e da mãe, de 27 anos.

Segundo a Polícia, a mãe do garoto seria conhecida pelo Conselho Tutelar por envolvimento com uso de entorpecentes. A criança segue internada, em quadro estável, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu e corre o risco de perder o globo ocular direito.

O local onde mãe e padrasto da criança supostamente agredida não foi divulgado, assim como o nome da vítima, em respeito ao Estatuto da Criança e Adolescente (ECA).

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]