Primeiras oitivas da CEI da Cohab evidenciam cabide de empregos na Companhia Habitacional

Escrito por em 04/03/2020

Aconteceu ontem no plenário da Câmara Municipal de Bauru a primeira rodada de oitivas da Comissão Especial de Inquérito sobre supostas irregularidades cometidas na Companhia de Habitação Popular, a Cohab-Bauru. Para o relator da CEI na Câmara, o vereador Marquinhos Souza, as oitivas, ao menos ontem, evidenciaram grande cabide de empregos na Companhia:

Presidente da Comissão Especial de Inquérito, o vereador Natalino da Silva diz que a primeira rodada de oitivas não contribuiu muito para o andamento das investigações, que apuram supostos desvios e acordos extrajudiciais entre a Cohab e construtoras:

O presidente da CEI reitera a intenção dos vereadores em obter mais informações junto ao Ministério Público para alinhar detalhes das investigações. Vale lembrar que a promotoria apura irregularidades na Cohab através da operação João de Barro, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO). Uma nova rodada de oitivas está marcada para sexta-feira, onde são esperados os ex-prefeitos Tuga Angerami, Rodrigo Agostinho e o atual chefe do Poder Executivo em Bauru, Clodoaldo Gazzetta. Também é aguardado o depoimento do ex-presidente da Cohab, Edison Bastos Gasparini Júnior. Lembrando que, na casa dele, promotores do GAECO encontraram R$ 1,6 milhão, em espécie. A origem do dinheiro é investigada.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]