Produção dos três novos poços do DAE vai representar 24% do que sai do Rio Batalha

Escrito por em 22/07/2021

A implantação de três novos poços tubulares pelo DAE, em áreas atualmente abastecidas pelo rio Batalha, vai ampliar a oferta de água na região, em 470 metros cúbicos por hora.

Essa quantidade de água, representa 24% do total retirado atualmente da lagoa do Rio Batalha, conforme outorga concedida pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) ligado ao governo do Estado. A outorga atual, permite ao DAE, a captação de 1.980 metros cúbicos de água, por hora.

O presidente da autarquia, Marcos Saraiva, em entrevista à 94FM, falou sobre a situação atual de cada um dos poços licitados.

De acordo com os editais publicados pelo DAE, o poço Praça Portugal, terá capacidade de produção de 180m³/h; o poço Alto Paraíso, 120m³/h e, a vazão prevista para o poço no Jd. Infante Dom Henrique, será de 170 metros cúbicos por hora. Os investimentos feitos pelo DAE para a implantação dos três poços tubulares, giram em torno de 5 MILHÕES DE REAIS.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]