Produção industrial de ovos exige morte de sete milhões de pintinhos

Escrito por em 28/02/2020

Por mês, cerca de sete milhões de pintinhos machos, de linhagem leve, são descartados pela indústria brasileira. Quando um pintinho sai do ovo, se for macho são triturados vivos, pois não servem para o mercado de aves produtoras de ovos. Em entrevista à 94FM, a Pesquisadora da Embrapa Suínos e Aves, Helenice Mazzuco, explicou que a indústria cria dois tipos de animais: os que botam ovos e o de corte. Na criação comercial de aves poedeiras, os machos, que não botam ovos, não servem e provavelmente serão jogados numa espécie de triturador assim que nascer.

A morte e o descarte de pintinhos machos logo após o nascimento é uma prática comum na produção de alimentos em todo o mundo. Existem alguns estudos, que ainda estão em fase inicial na Alemanha, para que no futuro, possa descobrir o sexo da ave antes mesmo do seu nascimento por meio de leitura hormonal.

Com informações: BBC News


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]