Pronto Socorro Central continuará atendimento de portas de fechadas, diz vice-prefeito

Escrito por em 11/10/2021

Os vereadores se reuniram na última sexta-feira com o vice-prefeito e secretário de Saúde, Orlando Costa Dias, na Câmara Municipal, para discutir a reabertura do Pronto Socorro Central e os problemas enfrentados pelo município na área da saúde. Desde março deste ano, o atendimento no PS Central está restrito aos casos de politraumas extremamente graves e Síndrome Respiratória Aguda Grave, ou a encaminhamentos das UPAs, Samu e Corpo de Bombeiros.
O secretário disse que vai manter o Pronto Socorro no sistema de portas fechadas, já que a prefeitura tem a intenção de implantar no local um Hospital Municipal. Os vereadores reafirmaram que para manter o PS Central neste formato, o sistema precisa funcionar nas UPAs nos bairros. De acordo com parlamentares, não tem médico ortopedista ou pediatra em todas as UPAs. Quem explica é o vereador Junior Rodrigues, que conduziu a reunião.

Os representantes da Secretaria Municipal de Saúde pediram auxílio dos parlamentares para visitar os hospitais do Estado que atendem o município e cobrar a desmobilização de leitos Covid nessas unidades.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]