Proprietários de estabelecimentos no entorno da praça Portugal seguem descontentes com mudanças no trânsito

Escrito por em 11/03/2022

Vereadora Chiara Ranieri esteve reunida com representantes da Seplan e da Emdurb, para apresentar as reivindicações feitas por empresários instalados nas imediações da praça Portugal.

Conforme a 94 divulgou, o relato é de queda de 40% nas vendas, demissão de funcionários e, até mesmo o fechamento de empresas, após a alteração no trânsito na região, motivada pela remodelação da praça. Em entrevista à 94, Chiara Ranieri falou quais pedidos foram encaminhados para estudo.

Durante a reunião, Chiara disse que a alteração no sentido de direção da Rubens Pagani não será adotada, uma vez que, após a conclusão do empreendimento responsável pela contrapartida, o trânsito será direcionado à rua Gustavo Maciel.

O site do empreendedor, aponta que 55% dessa obra, localizada na área onde funcionou a Associação Luso Brasileira, já foi executada.

Leia mais:

  • EMPRESAS INSTALADAS NA RUA GUSTAVO MACIEL APONTAM QUEDA DE 40% NAS VENDAS
  • DERRUBADA DE MAIS DE 40 ÁRVORES DA PRAÇA PORTUGAL MOTIVA REPRESENTAÇÃO AO MP

  • Opnião dos Leitores
    1. Julio Akio Kosaka   Em   12/03/2022 em 15:00

      Antes tinha entrada para a rua Gustavo Maciel, agora vc tem que entrar na Getúlio Vargas, andar um quarteirão, vira à direita, contornar passando defronte ao estacionamento subterrâneo do Confiança e virar à direita de novo para descer e pegar a rua Gustavo, agora a rua que dava para a Gustavo está fechado e virou contra mão, tá uma bosta. Quem era cliente do posto, do Bradesco, Restaurante Sabor do Líbano, etc.,quando quero ir na rua Vivaldo Guimarães na casa de meu sobrinho que mora na primeira quadra tenho que dirigir quatro ou mais quadras para chegar lá, antes era uma só.

    Deixe uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



    [Nenhuma estação de rádio na Base de dados]