Relator da CEI dos Precatórios afirma que faltou empenho na defesa do município

Por on 10 de setembro de 2019

Na sessão da Câmara Municipal desta segunda-feira (09), os vereadores adiaram a votação de dois projetos do poder executivo. Um deles propõe a Política Municipal de Aproveitamento das Áreas sob Viadutos. Por duas sessões ordinárias, também foi adiada a apreciação do Projeto de Emenda à Lei Orgânica que passa para o Conselho Municipal de Mobilidade de Bauru a competência de acompanhar e averiguar o cumprimento do serviço de transporte coletivo urbano.

Por unanimidade, o Plenário aprovou, em Primeira Discussão, o Projeto de Lei que cria o Conselho Curatorial da Pinacoteca Municipal de Bauru. Outro projeto aprovado em primeiro turno autoriza o município a doar cinco conjuntos de mobiliário escolar ao Lar Escola Santa Luzia para Cegos.

Em Discussão Única, o Plenário aprovou Projeto de Decreto Legislativo, proposto pelo parlamentar Carlão do Gás, que concede o Título de “Cidadão Bauruense” ao ex-prefeito Rodrigo Agostinho.

Ainda durante a sessão, a insegurança na avenida Nuno de Assis e os novos voos da Passaredo a partir do aeroporto Moussa Tobias também foram alguns dos assuntos abordados na tribuna da Câmara. A Comissão Especial de Inquérito dos precatórios também rendeu discussões no plenário. O relator Roger Barude apresentou o seu parecer sobre a CEI e afirma que faltou empenho na defesa do município. Acompanhe na reportagem de Gabriel Pelosi.

Para esta quarta-feira, último dia de atividades da CEI, está prevista reunião da comissão com os promotores de Justiça Fernando Masseli Helene (do Patrimônio Público) e Henrique Varonez (do Urbanismo). A agenda, solicitada pelos parlamentares, acontece às 10h, na sede do Ministério Público Estadual de Bauru.

Crédito: Gabriel Pelosi/94FM


Comentários

Escreva um Comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios*



Current track
Title
Artist

Background