Revitalização das primeiras quadras da Batista emperra em abandono do prédio da Estação Ferroviária

Escrito por em 01/07/2022

A revitalização das DUAS PRIMEIRAS QUADRAS do calçadão da Batista de Carvalho, passa pela utilização do prédio da estação ferroviária, de propriedade da prefeitura e, a retomada da moradia na região central da cidade. Essa foi a conclusão da audiência pública realizada na tarde desta quinta-feira, na Câmara Municipal, a pedido do vereador Marcelo Afonso.
Para o presidente do Sincomercio (Sindicato do Comércio Varejista de Bauru), Walace Sampaio, o auge das duas primeiras quadras da Batista, foram registrados quando o prédio da estação ferroviária era utilizado.

Para a secretária de desenvolvimento econômico, Gislaine Magrini, apenas a reforma do espaço não resolve, mas esse é o pontapé inicial para atrair novamente as pessoas para o centro.

Na abertura da audiência pública, a arquiteta Greice da secretaria de obras, apresentou aos participantes, projeto de reforma do calçadão da Batista. Inicialmente seriam apenas as TRÊS primeiras quadras, mas foi ampliado para toda a extensão do calçadão.

Saiba mais:


Opnião dos Leitores
  1. Marina F.   Em   02/07/2022 em 15:53

    O projeto apresentado pela arquiteta responsável demonstrou sua total desatualização na área, bem como a incapacidade de muitos profissionais nesse departamento moroso! Trocar piso, bancos, postes e lixeiras de apenas DUAS QUADRAS do calçadão da Batista de Carvalho, deixando a questão da drenagem, prédios e estação ferroviária abandonados na Rodrigues, NÃO É REVITALIZAR! A Prefeitura deveria ampliar o quadro para contratação de mais arquitetos e engenheiros através do último concurso realizado. Criaria assim um departamento para a elaboração de projetos, com profissionais mais atualizados e com melhor capacidade de projeto, que priorizem a solução dos problemas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]