Rodízio no abastecimento de água começa nesta sexta

Escrito por em 15/04/2021

Começa nesta sexta-feira (16) o rodízio no abastecimento de água nas regiões atendidas pelo sistema de captação do Rio Batalha. A medida afeta 42 bairros do município de Bauru e não tem previsão para acabar. Segundo o DAE, o rodízio é necessário diante do baixo nível da lagoa de captação do Batalha.
Em entrevista à 94FM, o presidente da autarquia, Marcos Saraiva, explica que o rodízio vai funcionar no sistema de 48 horas. Ele destaca também, que o DAE já discute a viabilidade de interligação de poços com adutoras na tentativa de minimizar a falta de água no futuro.

Só esclarecendo, que durante a troca de abastecimento de uma região para outra, o setor atendido naquele momento não começa a receber água de maneira imediata. Segundo o DAE, é necessário o “enchimento” das redes, que pode levar algumas horas.
O rodízio inicia nesta sexta-feira e será alternado entre os bairros da região Centro/Altos da Cidade/Bela Vista, região da Vila Falcão/Alto Paraíso, e região do Ouro Verde/Terra Branca.

MEDIDAS PARA MELHORAR O ABASTECIMENTO

Para minimizar o impacto da falta de água nas regiões abastecidas pelo Rio Batalha, além de evitar novos rodízios durante a época da estiagem, o Departamento de Água e Esgoto (DAE) concluiu no início desta semana a interligação do poço do Santa Cândida com o reservatório da Vila Seca, além da reativação do poço do Parque Real, adicionando 100 mil litros por hora no abastecimento da região da Vila Dutra.

Também nesta semana, a autarquia irá inaugurar o novo reservatório do Alto Paraíso, com capacidade de armazenamento de 3,5 milhões de litros de água, o que também vai colaborar para ampliar o abastecimento em uma região que é abastecida pelo sistema Batalha/ETA. Todas estas ações devem melhorar outros pontos que dependem do manancial, como a Vila Falcão, Independência, Terra Branca, Jardim Ferraz e Ouro Verde.

Segundo o presidente do DAE, Marcos Saraiva, já estão sendo feitas reuniões com a Divisão Técnica e também com a Manutenção da autarquia para discutir a viabilidade de interligação, por meio da implantação de adutoras, de reservatórios do sistema ETA/Batalha com poços da região, além de medidas para a redução do desperdício. O presidente também se reuniu nessa semana com os prefeitos de Agudos e Piratininga para discutir soluções e possibilidade do desassoreamento do Batalha nas cidades vizinhas.

Para o segundo semestre, serão abertas as licitações de dois novos poços, um na Vila Falcão, área que é abastecida pelo sistema Batalha/ETA, e outro no Núcleo Mary Dota, região que já é abastecida por poços, mas está em crescimento populacional, com novos empreendimentos, e que portanto demanda ampliação da capacidade de produção. Os poços da Vila Falcão e Mary Dota devem ser entregues no ano que vem. Também está em andamento a licitação para abertura de um poço na Praça Portugal, na zona sul.

O DAE mantém ainda a setorização no Jardim Bela Vista, que seguirá durante este ano, e depois mais regiões também terão a setorização, o que permite um melhoro controle da distribuição de água e da pressão, reduzindo o número de vazamentos. A abertura e reformas de poços, bem como a construção e reformas de reservatórios e a ampliação de adutoras estão em constante processo de avaliação pelo DAE conforme o crescimento de cada região e a necessidade de melhoria da rede de abastecimento.

Lista de bairros afetados pelo rodízio

Bairros que abrangem a região CENTRO/ALTOS/BELA VISTA
Jardim Bela Vista
Vila Camargo
Vila Seabra
Vila Quaggio
Parque Boa Vista
Vila Lemos
Centro
Vila Antártica
Vila Cardia (parcial)
Altos da Cidade
Jardim Brasil*
Jardim Panorama*
Vila Cidade Universitária*
Vila Aeroporto*
Jardim Planalto*

*Os bairros marcados com asterisco são abastecidos por poços, mas recebem complemento (reforço) de água da ETA, poderão ter períodos de intermitência no abastecimento.

Bairros que abrangem a região da VILA FALCÃO/ALTO PARAÍSO
Vila Falcão
Vila Souto
Vila Pacífico
Vila Paraíso
Vila Industrial (parcial)
Jardim Jussara
Jardim Shangri La
Condomínio Residencial Jardins do Sul
Residencial Villa Dumont
Residencial Spazio Verde Comendador
Santa Cândida*
Vila Dutra*
Parque Viaduto*
Vila Industrial*

*Os bairros marcados com asterisco são abastecidos por poços, mas recebem complemento (reforço) de água da ETA, poderão ter períodos de intermitência no abastecimento.

Bairros que abrangem a região do OURO VERDE/TERRA BRANCA
Vila Independência
Jardim Terra Branca
Vila São Francisco
Jardim Eugênia
Jardim Solange
Jardim Ferraz
Vila Ipiranga
Residencial Quinta Ranieri
Residencial Parque dos Sabiás
Residencial Parque das Andorinhas
Núcleo Habitacional Joaquim Guilherme de Oliveira
Jardim Ouro Verde
Residencial Parque Granja Cecília A


Opnião dos Leitores
  1. Tadashi Makida   Em   16/04/2021 em 11:25

    O rodízio de água é uma humilhação para aqueles que pagam a conta e os impostos em Bauru. Será que a falta de água não é temporária, e sim permanente? O crescimento da cidade de forma equivocada nos trouxe uma conta muito dura para a população. O DAE precisa ser honesto com a cidade, creio que não há água suficiente para atender toda essa demanda. Não queremos depender do São Pedro e sim de uma Prefeita que assumiu a cidade prometendo um solução exclusiva para a falta de água. Ou tudo isso foi apenas uma promessa de campanha? Chega de ilusão! merecemos mais dignidade, afinal de contas pagamos os nossos impostos em dia! Resolva o problema ontem! Pois hoje já é tarde!

  2. Alex   Em   16/04/2021 em 17:13

    O dae é um lixo… Já não tem água casa agora… privatização já… onde já se viu, começando o outono e já começa rodízio….lixo lixo lixo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]